Seguidores

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Você já ouvi falar do Theta Healing ?


Theta   Healing é uma técnica de cura energética, considerada cura quântica,  que trabalha os aspectos físicos emocionais, mentais, psíquicos e espirituais de cada ser humano.

O theta healing pode ser usado através de consulta terapêuticas e também pode ser usado individualmente, como uma ferramenta de auto conhecimento e expansão da consciência, levando a uma reconexão de cada pessoa com sua consciência divina.

Para saber mais sobre o que é o Theta Healing clique AQUI.

Já tive a oportunidade de fazer três cursos :

CURSO DNA BÁSICO -  25 á 27 de abril de 2015 em BRASÍLIA - DF


CURSO DNA AVANÇADO - 30,31 de Maio e 1° de Junho de 2015 em GOIÂNIA - GO

Curso Anatomia Intuitiva - 16 a 31 de Janeiro de 2016 - Instituto Theta Healing, Rio de Janeiro.


Para saber mais sobre esses cursos, e os demais disponíveis  e a programação dos próximos  - acesse:  Theta Healing Brasil


Apesar  do contato com essa técnica- ser recente, tenho experimentado alguns resultados, que fico duvidando de mim mesmo, como será  que isso aconteceu?

No momento gostaria de relatar, algo muito fantástico dessa técnica que é - a onda theta.

A onda theta normalmente é alcançada em estados mais profundos de meditação.
Sempre pratiquei a meditação, mas, nunca havia alcançado essa onda de uma forma forte - apenas leve.

No theta healing, se aprende, uma técnica muito simples de meditação, que permite alcançar facilmente e rapidamente a onda theta.

Quando estava realizando - o segundo curso,  Dna Avançado em Goiânia, ao fazer a meditação guiada pelo instrutor Gustavo Barros, para alcançar o estado theta, para mim surpresa - chegou um momento, que não precisava mais percorrer os passos, o meu cérebro já havia aprendido o atalho- a minha intenção de estar lá... já estava.

Quando se entra na onda theta, o tempo, desaparece literalmente...

A maior surpresa ligado ao acessar a onda theta, segue abaixo:

Em meu intervalo de almoço, entrei em um local reservado, para trabalhar algumas crenças que havia identificado enquanto fazia as minhas atividades, no período da manhã.

O trabalho de identificar e remover/substituir  as crenças, é uma das aplicações dessa  técnica e se utiliza dessa onda para realizar esse trabalho.

Na minha percepção de tempo, fiquei no máximo 15 minutos em pé, acessando a onda theta  e trabalhando e alterando as crenças.

Ao sair de onde estava observei que as pessoas já estavam voltando do almoço e indo ao trabalho e olhar as horas, havia passado 1h45mim.

Mesmo sentado confortadamente, não conseguiria ficar tanto tempo em meditação e como consegui ficar tanto tempo em pé ???

Houve outros momentos, que na minha percepção de tempo, foi um breve momento enquanto na verdade já havia passado muito tempo.

O  contato com essa técnica, tem sido uma experiência gratificante e peguei o hábito de anotar, em uma caderneta,  algumas experiências, porque depois de algum tempo, fico duvidando.

No vídeo abaixo, o relato de algumas pessoas que tem experimentado essa ferramenta e algumas dessas, tive o prazer, de fazer o primeiro curso junto:


sábado, 23 de agosto de 2014

Para observar é preciso meditar?

Observar é meditação, e isso não significa que para observar temos de meditar.

 Observar é uma das coisas mais difíceis que há.

 Observar, por exemplo, uma árvore, é dificílimo, porque temos ideias, imagens relativas à arvore e essas ideias — conhecimentos botânicos, etc. — nos impedem e olhar a árvore.

 Observar sua esposa ou marido é mais difícil ainda, porque você também tem uma imagem relativa de sua esposa e ela tem uma imagem a seu respeito, e a relação existente é entre essas duas imagens.

 É o que em geral se chama "relações": dois conjuntos de lembranças, de imagens, em relação entre si.

 Veja quanto isso é absurdo. As relações que em geral temos são uma coisa morta. Observar significa, com efeito, estar consciente da interferência do pensamento; perceber como a imagem que você tem da árvore, da pessoa, do que quer que seja, intervém no ato de olhar.

 Observe como você se esquece do objeto que está olhando — a árvore, a pessoa; e veja porque o pensamento interfere, porque você tem uma imagem de tal pessoa. 

Por que você tem uma imagem de quem quer que seja?

 Aqui estamos, você e eu, a nos olhar — eu, o orador, e você, o ouvinte.

 Você tem uma imagem relativa do orador, infelizmente; mas eu, não lhe conheço, nenhuma imagem tenho de você e, por conseguinte, posso olhá-lo.

 Mas não posso olhá-lo se digo para mim: Vou servir-me desse ouvinte para alcançar poder, posição, explorá-lo, tornar-me um homem famoso — você sabe o resto — de todas as futilidades que os entes humanos cultivam. 

Assim, observar significa: observar sem a interferência de nosso fundo. Entende?
 Todo o nosso ser, que está a olhar, é o nosso fundo — cristão, francês, intelectual. 

Pela observação, descobre-se esse fundo; e observá-lo sem nenhuma escolha, nenhuma inclinação, é uma disciplina tremenda — não a absurda disciplina de ajustamento, de imitação.

 Essa observação torna a mente sobremodo ativa, sobremodo sensível. Isso em seu todo é meditação. 

Não se entenda, pois, que "para observar é preciso meditar", porém, antes, que é quando observamos, que todas as coisas sucedem. Isso, em seu todo, é meditação, e não um certo método de controle do pensamento, assunto que trataremos noutra ocasião.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Técnicas de respiração diafragmática

Você sabe o que é respiração diafragmática? 

 Quais são os seus benefícios à saúde física e emocional? 

 Confira no vídeo abaixo:

Colaboração: Dalzila Marcélia de Paula

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Criando relacionamentos mais saudáveis


Veja como a EFT - Acupuntura emocional sem agulhas, poderá lhe auxiliar a construir relacionamento mais saudáveis, com Nara Mulher
Você sabe o que é EFT?

Se não souber clique AQUI



sábado, 16 de agosto de 2014

PRATICANDO O DESAPEGO


Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. 

Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário.... 

Perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver.

 Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos.

 Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos que já se acabaram.

 As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas possam ir embora.

 Deixar ir embora.
 Soltar.
 Desprender-se.
 Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos. 

Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: 

Diga a sí mesmo que o que passou jamais voltará.

 Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo... 

 - Nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade.

 Encerrando ciclos, não por causa do orgulho, por incapacidade ou por soberba...

 Mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais em sua vida.

 Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira.

 Quando um dia você decidir a pôr um ponto final naquilo que já não te acrescenta.

 Que você esteja bem certo disso, para que possa ir em frente, ir embora de vez.

 Desapegar-se, é renovar votos de esperança de sí mesmo, é dar-se uma nova oportunidade de construir uma nova história melhor.

 Liberte-se de tudo aquilo que não tem te feito bem, daquilo que já não tem nenhum valor, e siga, siga novos rumos, desvende novos mundos.
 A vida não espera.

 O tempo não perdoa

. E a esperança, é sempre a última a lhe deixar.

 Então, recomece, desapegue-se!

 Ser livre, não tem preço! 

Fernando Pessoa 
Colaboração: Petra Mística


Formas de praticar o desapego


Comece pelo sapato velho que você não usa mais
Por aquela roupa que não te serve mais
Veja aquilo- que faz  tempo que não usa, e esta ocupando espaço em seu armário.

Veja aqueles livros- que você já leu, ou que possivelmente não irá ler mais

Encare, aquele quarto cheio de coisas acumuladas...

Livre-se, doe
Areja

Coisas que não usa são energias paradas
energias do passado 
que não mais te serve nessa etapa

Depois vai para dentro de si...
Encare
aquelas crenças, idéias, hábitos
que não faz mais sentidos

Foram degraus
para chegar onde chegou
mas,
agora te prende

Pratique o desapego e experimente o gosto da liberdade.



O apego, envolve muita energia emocional e uma forma que poderá lhe auxiliar e muito a  desvincilhar dessa energia, é através da EFT.

Você sabe o que é EFT?

Se não souber clique AQUI

No vídeo abaixo, conheça os pontos básicos da EFT

No vídeo abaixo, escolha por exemplo:

Essa roupa que não estou usando mas que tenho dó de doar ou outra coisa qualquer e experimente.



sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Ensinando o Pai a usar a internet

video

Somos todos geniais

Frase Somos todos geniais

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Meditação: é só respirar

Recomendada pelos médicos, estudada pelos cientistas, praticada por milhões mundo afora.

 Conheça essa técnica ancestral de autoconhecimento e tudo o que ela pode fazer por você.

 Na sala vazia e silenciosa, dois monges zen, com seus mantos e cabeças raspadas, estão sentados no chão, lado a lado, pernas cruzadas. Depois de alguns instantes, o mais jovem lança um olhar surpreso e irônico para o mestre. Sereno, o velho monge comenta: “É só isso, mesmo. Não vai acontecer mais nada”.

 Não se trata de uma cena real. É só uma charge publicada na renomada revista americana The New Yorker, brincando com o novo hábito americano de meditar regularmente, como fazem os orientais há milhares de anos.

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Como saber o que é bom para você?



O que é bom para você? 

 É aquilo que conseguir realizar com facilidade. 

O que conseguir realizar com facilidade isto é para você.

 Quando uma prática espiritual não é para você, ela não flui, a coisa fica difícil.

Comece a ver, o que dentro de todas essas praticas - o que serve e o que não serve o que é fácil o que é difícil.

O que for fácil, o que for leve,  o que for confortável isso serve para você.

  Todas as respostas que você busca fora, todas elas, já estão ai dentro de você. 

As respostas quando são verdadeiras, elas ressoam no chacra cardíaco.
 São respostas que vem de sua alma.

 Toda conexão com seu eu superior é feita através do chacra cardíaco.

 Mesmo que  - você não escute e não veja nada, preste atenham que a comunicação se dá através do chacra cardíaco.

 Quando a resposta é negativa, você sentira um aperto, uma angustia, uma tristeza, um desconforto, e saberá que a resposta é negativa , aprenda essa linguagem.

Essa linguagem -  é a principal forma de comunicação com a sua Supra Consciência,  que é na verdade você mesmo . 

        Supra Consciência e Eu Superior não é um Ser, uma entidade, se trata de você mesmo na sua frequência mais elevada.

Já esta dentro de nós.

Essas informações - são um breve resumo, do acesso aos meus registros akáshicos,  realizado por Rosangela Matsushita em 14 de março de 2014.


Aprenda a consultar o chacra cardíaco

Atualmente aprendi a refinar essa técnica de consultar o chacra cardíaco.

Recentemente, quando estava retornado de São Paulo, após curso de como Acessar Registros Akáshicos, enquanto aguardava no rodoviária, para matar o tempo, entrei numa livraria.

Entre os muito títulos que tinham, resolvi fazer um teste com o chacra cardíaco. 
Colocava a mão no livro e sentia o coração.

Em três livros, senti uma expansão do chacra cardíaco e comprei.


 Um deles, que estou lendo  no momento - O Caminho do Mago de Deepak Chopra - esta me trazendo muitas respostas e houve uma sincronicidade muito grande entre  o inicio da leitura desse livro e um acontecimento pessoal, que mostrou que não foi nada por acaso.

Anteriormente fiz também esse teste e o chacra cardíaco expandiu e deu positivo, para comprar um outro livro - que estava precisando ler.

Resumindo a técnica é muito simples:
1- Resposta mais sútil do chacra cardíaco:

Quando a resposta é positiva você irá sentir uma expansão desse chacra  e quando for negativa, será o contrário.

2- Quando a resposta for mais forte:


Quando a resposta é negativa, você sentira um aperto, uma angustia, uma tristeza, um desconforto, e saberá que a resposta é negativa , aprenda essa linguagem.

Quando a resposta for positiva será o contrário você sentirá uma alegria, entusiasmo, ânimo - expansão do chacra cardíaco.

Essa é uma forma de nos alinhar com  a nossa verdade interior.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

"Na vida tudo depende de se cavar um metro a mais"

 
 CAVE UM METRO A MAIS

 Derbi era um homem inquieto com a vida. 

Cansado de trabalhar como vendedor nos EUA, resolveu vender tudo o que tinha.

 Comprou um pequeno sítio no interior do Colorado e começou a preparar o terreno para plantar. 

 Ao escavar o terreno ele encontrou uma pedrinha brilhante e após analisá-Ia descobriu que era ouro puro.

 Com muita esperança e determinação ele chamou os seus parentes e amigos mais íntimos e formou um grupo para procurar ouro.

 Ele também resolveu comprar todos os terrenos vizinhos.
Adquiriu máquinas e equipamentos pesados, cavou, cavou, cavou e não encontrou mais ouro. 

Seus parentes a amigos começaram a desanimar, pois o ouro não aparecia. Onde estava a mina? 

 Todos os membros do grupo, um a um, pediram de volta a Derbi o que tinham investido. Derbi ficou sozinho com um grande terreno e muitas máquinas. 

Ele não pretendia desistir e continuou cavando, mas suas esperanças foram minguando e também desistiu. 

Vendeu tudo ao primeiro que apareceu interessado naquelas terras que para ele não valiam nada. Voltou para a cidade e recomeçou sua atividade de vendedor. 

Quando alguém não queria comprar, ele não insistia e logo desistia. Ele era um vendedor de seguros fracassado e infeliz.
 Certo dia ele leu uma notícia no jornal que lhe chamou a atenção:
 "Descoberta uma das minas de Ouro mais valiosa do mundo". 

Ele leu a matéria interessado e viu que era em Colorado e o que mais lhe entristeceu que eram as suas terras, aquelas que ele vendera por uma ninharia.

 Continuou a ler o jornal e viu a declaração do proprietário do terreno: "Nós não tivemos muito trabalho para achar a mina principal.

Tivemos apenas que cavar um metro a mais e pronto". Ao ouvir aquilo, Derbi se lamentou profundamente e mandou gravar uma placa que dizia: 

"Na vida tudo depende de se cavar um metro a mais".
 Com esta frase na mente ele saiu à luta e mais uma vez recomeçou sua venda de seguros:

 Em pouco tempo ele se tornou o melhor vendedor da empresa e comprou uma parte dela. Ele não ouvia mais o não como resposta. Insistia, persistia e trabalhava com otimismo.

Cria que na vida tudo dependia de se cavar um metro a mais.

 Não demorou muito ele comprou a empresa em que era funcionário e também suas concorrentes. Tornou-se um especialista em vendas e técnicas de vendas e um homem vitorioso.

 Cria que na vida "Tudo depende de se cavar um metro a mais".

sábado, 2 de agosto de 2014

Meditação no trabalho

Tendência na Europa e nos Estados Unidos, que criaram até salas para meditar dentro das empresas, a prática se espalha entre profissionais brasileiros

Débora Rubin


chamada.jpg
MUDANÇA
Charles Betito comanda sua equipe com menos ansiedade e mais gentileza

Era uma vez um rei que queria atingir a iluminação, mas não podia deixar de lado suas obrigações. Certo dia, ele perguntou a um monge o que deveria fazer para ter uma vida espiritual intensa sem abrir mão de seu posto.

 O religioso, então, lhe respondeu, sem titubear: medite.

 De posse das técnicas transmitidas pelo guru, o monarca ensinou seus súditos a meditar e todo o reino foi contaminado por uma atmosfera de benevolência, respeito e atenção pelo outro. A lenda tibetana sobre o reino de Shambala, que muitos acreditam ainda existir em algum lugar perdido no Himalaia, inspirou o monge budista Chögyam Trungpa a criar, nos anos 70, um método de meditação para pessoas como o rei dessa história – ocupadas, sem nenhum interesse em levar uma vida reclusa e abnegada, mas preocupadas com a qualidade de suas vidas.

 Essa foi a semente para um movimento que só cresce no Exterior e já começa a se instalar no Brasil. Grandes executivos e respeitadas corporações perceberam como o ato de meditar pode melhorar a dinâmica dos ambientes corporativos e a vida de cada profissional (leia quadro).

 Nos Estados Unidos e na Europa, por exemplo, é cada vez mais comum as companhias criarem salas próprias de meditação. Algumas equipes fazem até minutos de silêncio antes de uma reunião, como forma de fazer com que os participantes fiquem menos discursivos e mais atentos ao que está sendo discutido.
img.jpg
VANTAGENS
A meditação ajudou o empresário Marcus Elias a se
entender melhor, também no ambiente profissional
 O Brasil ainda não chegou a esse nível de requinte, mas já tem seguidores aplicados. É o caso do empresário Charles Betito Filho, 33 anos, frequentador do Centro de Meditação Shambala, em São Paulo. 

Ele flertava com o tema desde que começou a fazer artes marciais, mas somente neste ano incorporou a prática de forma sistemática ao seu dia a dia. A primeira transformação sentida foi a valorização do agora.

 “A nossa tendência é de fazer tudo no automático, lembrar o passado feliz, idealizar o futuro perfeito e ignorar o presente”, diz. “Com a meditação, a única coisa que importa é o que você está fazendo neste exato momento.” 

Além de uma maior atenção em suas tarefas, Betito Filho notou uma melhora na qualidade da relação com seus funcionários. “O trato muda, você sai daquele padrão de ansiedade no qual tenta adivinhar o que o outro vai dizer.” Fazendo um balanço geral, o escritório ficou impregnado de gentileza, garante ele.

 Menos ansiedade, mais concentração, capacidade de lidar com o estresse e com a competitividade. Para a monja Coen, do zen-budismo (linha japonesa), esses são apenas alguns dos benefícios para a vida profissional de quem medita. “Lembrando que meditar não é ausentar-se, pelo contrário, é desenvolver presença absoluta”, destaca. 

York Stillman, diretor do Centro Shambala, acrescenta mais um item à lista da monja, a clareza dos pensamentos. “Com a mente mais clara, há menos desentendimentos, mais opções e mais criatividade.” A meditação também ajuda a recuperar o verdadeiro significado do trabalho, a felicidade de servir o outro. 

É o que prega dom Laurence Freeman, monge beneditino e presidente da Comunidade Mundial de Meditação Cristã. Segundo o religioso, a delicadeza nas relações e a atenção plena aos colegas, clientes e fornecedores deveriam ser a base da vida profissional, mas são atitudes que caíram em desuso conforme a pressa, a competição e o estresse dominaram a cena. “Meditar é uma forma de combater os infelizes padrões profissionais do mundo moderno”, acredita Freeman. 

Há mais de 20 anos, ele é convidado por grandes empresas para ensinar os funcionários a meditar. O brasileiro Marcus Elias, dono da Parmalat, é um pioneiro até para os padrões internacionais.

 Adepto da meditação há 25 anos, bem antes de ela se tornar moda, o empresário garante que os efeitos da técnica vão muito além do trabalho – meditar o ajudou a entender melhor sua natureza e a saber como lidar com ela. “Sou muito acelerado e impaciente, faço as coisas depressa.

Mas hoje já sei que não preciso nem brigar com meu jeito de ser nem sair atropelando os outros”, explica. Existem muitas maneiras de praticar a meditação, ligadas a religiões ou não, em grupo ou individualmente, com os olhos fechados ou abertos, com mantra ou sem nenhum som. Mas todas têm a mesma essência: tornar a mente mais calma e concentrada. 

Para quem ainda acha a técnica muito complicada, vale ter em mente duas dicas da monja Coen. A primeira é lembrar que a respiração profunda e suave é a base de tudo.

 A segunda é fazer de cada dia uma excelente jornada. Afinal, diz ela, sua vida está onde você está.

img1.jpg

Publicado originalmente em : ISTO É