Seguidores

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

No futuro, as pessoas não morrerão por envelhecimento, diz cientista

O biogerontologista inglês Aubrey de Grey.
O cientista britânico Aubrey de Grey, teórico no campo da gerontologia e co-fundador da Fundação SENS, argumenta que o envelhecimento é um processo completamente reversível sob a ótica da medicina regenerativa, assim como uma doença habitual. 

Ele acredita que por meio do desenvolvimento da biotecnologia no rejuvenescimento e reparação de células, será possível realizar manutenções e reparos no corpo de forma tão eficaz, que nos permitirá viver indefinitivamente com o passar do tempo.

Em vez da ciência continuar criando meios para aliviar os sintomas com dispositivos e drogas e outros procedimentos, a ideia será reconquistar a função perdida pelo corpo, regenerando a função dos órgãos e do tecido danificado.


 Este é o propósito do tratamento, que o seu corpo seja o mesmo que era antes de começar a se tratar. 

Veja a reportagem e entrevista no link abaixo:




Veja também: